A Palavra dos Leitores | 17-05-2009 18:56

Recenseamento automático gera confusão

Comentário á notícia: Correios reconhecem incoerência entre alguns códigos postais e respectivas freguesias em: http://www.omirante.pt/index.asp?idEdicao=54&id=30590&idSeccao=479&Action=noticiaUtilização do Código Postal pelos serviços de recenseamento baralha cadernos eleitorais A Lei 169/99 de 18 de Setembro, alterada pela lei 5-A/2002 de 11 de Janeiro, indica no seu art.º 64 n.º 1 alínea v) que a denominação das Ruas e Praças das povoações e as regras da numeração de edifícios, é da competência das Câmaras Municipais e não dos CTT. Apesar deste facto os CTT criaram a seu belo prazer um código postal que deveria servir apenas os seus intentos, ou seja a distribuição postal uma vez que foi implementado sem se ouvir as partes interessadas e sem ter em atenção os lugares, as freguesias, etc. ou seja as reais delimitações administrativas.O concelho de Santarém é fértil em situações deste tipo e só é pena que as entidades competentes só tenham acordado quando está em causa a perda ou ganho de eleitores. A última versão do código postal tem muitas falhas e tem dado muitos dissabores aos seus utilizadores. É necessário corrigir o que está mal.Luís Silva

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo