A Palavra dos Leitores | 06-01-2010 15:32

Empregos para filhos de autarcas

À mulher de César não basta ser séria. É preciso parecer séria. Os senhores presidentes de câmara que têm filhos a trabalhar na empresa intermunicipal Águas do Ribatejo e na Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo, têm que aceitar os reparos que lhes são feitos. Não basta dizer que os filhos são licenciados e que entraram por concurso. Têm que se lembrar que são eles que gerem esses organismos publicos ou com participação maioritariamente pública. O senhor presidente da Águas do Ribatejo pode dizer que a empresa tem dezenas de funcionários e que só lá trabalham dois filhos de presidentes mas qualquer pessoa lhe poderá responder que também há milhares de empresas para onde esses jovens poderiam ter concorrido e que há milhares de jovens licenciados no desemprego que, se calhar, nem tiveram conhecimento da abertura dos concursos para a Águas do Ribatejo.Jorge Manuel CastanheiraPresidente da câmara de Benavente diz que filho concorreu e que precisa de trabalharClaro que o filho de sua Exª o presidente do município de Benavente concorreu ao lugar na empresa Águas do Ribatejo e, por acaso, ganhou. Se fosse eu nunca ganharia porque o meu pai não é presidente de Câmara. Miguel ValenteFilhos de presidentes de câmara a trabalhar na Águas do RibatejoTem graça! A minha filha também concorreu à Águas do Ribatejo, por acaso também é licenciada como o filho do presidente da câmara de Benavente e até se disponibilizou para serviço administrativo, só que não é filha de nenhum autarca e também não está ligada a nenhum partido. MariaDevem pensar que a grei é incultaOs senhores presidentes devem pensar que a grei é inculta, isto é os seus filhos foram lá colocados mediante concurso e por competência. Concurso!? Onde o júri tem interesse particular nos concorrentes. Ainda dizem que não há lobbies...Não duvido da competência dos visados porque não os conheço pessoalmente contudo o senso comum diz que onde existe fumo há fogo.Carlos Manuel dos Santos MadeiraComo se ganham concursos para certos lugares? Aquilo que se diz nos cafés, nos restaurantes e lugares de entretém deste País é que as Câmaras e Empresas Municipais antes de abrirem concurso para admissão de pessoal, alegando necessidades inadiáveis de determinados trabalhos, contratam contra a entrega de um simples currículo as pessoas que lhes interessam. Quando mais tarde abrem concurso, umas das preferências é já ter trabalhado ou trabalhar nesse local. Verdade? Mentira? O que mais tarde se vem a saber é que o lugar a preencher já tinha dono e os jovens que não tem padrinhos, tios, pais, irmãos, primos em altos cargos das Autarquias passam a vida a concorrer e acabam sempre por ficar de fora. Muitos são logo avisados para não concorrerem porque o lugar já tem dono. Só é necessário conferir para verificar se isto é verdade ou mentira. Tudo isto se passa em centenas de autarquias do meu País.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo