A Palavra dos Leitores | 30-06-2010 09:28

Ministro da Justiça diz que impacto ambiental da prisão de Almeirim é mínimo

As afirmações do Sr. Ministro da Justiça sobre a construção do Estabelecimento Prisional na Herdade dos Gagos denotam bem que ele está a falar sobre algo que não conhece. Podem estar apenas classificados 10 hectares, mas a verdade é que todo o conjunto é homogéneo. Na sociedade em que vivemos, em que tudo é rápido, esquecemo-nos de algumas coisas percisam do seu tempo. Uma delas é um sobreiro, que não é um bem que seja plantado hoje, e amanhã já é uma árvore adulta. Possivelmente, se plantarem um sobreiro hoje, apenas quando eu tiver 70 anos (hoje tenho 22), vou conseguir tirar partido da sua sombra. Mais que isso: a Herdade dos Gagos tem percusos pedestres fabulosos, que proporcionam momentos únicos de lazer, e isso não se consegue replantar, porque não se pode mudar os trilhos e os caminhos para outro lado. Para continuar, a construção do que quer que seja naquele espaço implica uma outra coisa: acessibilidades! Como se chega lá? Através de estradas secundárias e terciárias? O caos em que estão as ruas de Paço dos Negros irá ser agravado pela passagem diária de todos os veiculos necessários para a construção da prisão? Samuel Rodrigues Tomé

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Vale Tejo