A Palavra dos Leitores | 27-12-2010 10:36

A voz fraca do Bispo de Santarém

O bispo da diocese de Santarém, de facto não manifesta grande relevância quanto à situação actual. Não agitando águas dentro de casa, pode proporcionar uma ascendência ao topo da carreira eclesiástica. É assim em todas as ocupações profissionais. Mas, como católico não praticante, quero aqui louvar os bispos: Auxiliar de Lisboa, D.Carlos Azevedo, D.Jorge Ortiga, presidente da conferência episcopal portuguesa e D. Januário Torgal Ferreira, bispo das Forças Armadas. Espero que não os venham agora conotar como "vermelhos", como fizeram com D.Manuel Martins, ex bispo de Setúbal, quando ele disse há uns anos que havia fome naquela zona. Zé Pedro

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo