A Palavra dos Leitores | 13-07-2011 00:17

Histórias de quatro tertúlias que mantêm a tradição em Vila Franca

É pena não discutirem outros assuntos para além de futebol e toiros. Provavelmente até discutem mas como é tempo de colete encarnado ninguém se lembrou de referir os outros temas, nomeadamente mulheres e fado. Tertúlias literárias parece que já foram chão que deu uvas. Mas não foi por causa disso que a literatura morreu. E também não é por causa das tertúlias taurinas que a festa está melhor que outrora. Eu cá por mim também gosto de dar dois dedos de conversa à volta de um petisco. Sou um tertuliano sem tertúlia. Mas tenho a consciência que as tertúlias são espaços em vias de extinção. A vida é assim e não vale a pena tentar resistir às mudanças sociais. Agora as novas tertúlias são virtuais. Chamam-se fóruns da internet e mesmo essas parece que já passaram de moda. Aproveitem tertulianos o tempo que vos resta. Sabe tão bem uma noitada de má-língua ou de recordações nostálgicas do passado, não sabe? Mário Sobreira

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo