A Palavra dos Leitores | 24-07-2011 00:45

Pássaros selvagens são fonte de rendimento ilegal no concelho de Benavente

Concordo com o artigo e a actuação das autoridades, mas porque razão a SPEA (Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves) não diz nada sobre o controle das auto-proclamadas associações de naturalistas e afins que soltam aves de rapina (Gaios, milhafres, corvos etc.) que acabaram por dizimar todos os pequenos pássaros? Aqui na minha zona os pintarroxos e os tentilhões já desapareceram e há 10/12 anos atrás eram aos bandos. Lugres e verdelhões ainda se vêem mas são raros. Apenas os pintassilgos ainda se vêem alguns pequenos bandos. Todos estes pássaros existiam aqui em bandos de muitas dezenas. Para os apreciadores, não há dúvida que é digno de se ver um bando de Gaios à "caça" de ninhos de outras espécies, especialmente numa vinha de plantação moderna. É vê-los percorrer o espaço na linha da cepa, vê-los subir, procurar, voltar a descer, subir na cepa seguinte e repetir a operação. Não há ninho que escape. E já agora porquê penalizar alguém por apanhar um pássaro para ter na gaiola, inclusive um melro e ao mesmo tempo autorizar que o melro seja caçado a tiro?Carlos Vale

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Vale Tejo