A Palavra dos Leitores | 20-03-2012 08:26

Câmara de Ourém interdita trânsito a veículos pesados em Boleiros

Não há dúvida que a Democracia só se faz com a Participação Cívica! Essa "Democracia" que de 4 em 4 anos faz campanha e acto eleitoral e depois "fecha para obras" não deixando o povo ter voz activa nesse intervalo, porque não é a altura, já deu o que tinha a dar! A Câmara de Ourém, até aqui não tinha nada a ver com as pedreiras; agora sabemos que recebe uma "compensação" das mesmas! Há cerca de um ano, o sr. Presidente da Junta de Freguesia de Fátima disse a um jornal local que não sabia que as pedreiras estavam tão próximas das casas e no entanto, vive em Boleiros!. Será que estes senhores defendem realmente os interesses dos cidadãos que os elegeram?! Agora no que respeita a este caso, o problema não se resolve com a renúncia aos 18.300 Euros de compensações (em última análise essa decisão até é favorável à pedreira, que deixa de os pagar), nem com a interdição de camiões dentro da povoação! Esse é apenas um dos aspectos do problema. E quanto ao ruído ensurdecedor? E quanto ao pó sempre presente? E quanto às vibrações que racham paredes de casas e rompem as cisternas? E quanto à degradação paisagística? etc., etc...Continuaremos a bater-nos por uma qualidade de vida a que temos direito! António J. Pinto MendesNotícia relacionada: http://www.omirante.pt/index.asp?idEdicao=54&idSeccao=479&id=50108&Action=noticia&title=Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Médio Tejo