A Palavra dos Leitores | 02-05-2012 09:37

Feira de Maio de Azambuja sem concertos, nem artesanato nem sardinhas para as tertúlias

O sr. presidente da câmara de Azambuja está a matar um tradição centenária com tanta poupança ridícula que está a anunciar para este ano de 2012. Se o senhor quer apagar luzes no concelho; se quer arranjar estacionamento pago na vila e tantas poupanças, comece por pedir à sua esposa para não se deslocar no Audi da câmara para ir a um estabelecimento ao concelho vizinho de Alenquer pentear o seu cachorro e ainda por cima com o motorista da autarquia. Já agora, se quer ser poupado, lembro-lhe que existem automóveis mais baratos no mercado. Escusava de pôr os munícipes a pagar 60 mil euros pela viatura. Tenha bom senso. Viva a feira de Maio. Alfredo Jorge C. Pereira Notícia relacionada. http://www.omirante.pt/index.asp?idEdicao=54&idSeccao=479&id=51078&Action=noticia&title=Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Vale Tejo