A Palavra dos Leitores | 14-05-2012 07:43

Trabalhadores da falida Metaltento em Alverca recebem dívidas ao fim 17 anos

Seis dos quarenta e dois trabalhadores que ficaram desempregados em 1995 faleceram entretanto. Dezassete anos para receber salários em atraso e indemnizações por despedimento é um tempo absurdamente longo. É com imensa tristeza que vou lendo regularmente exemplos chocantes daquilo que é a justiça. Nem sequer cometo a asneira de dizer que tal só se passa em Portugal. Passa-se em todo o lado, o que é ainda mais grave. Como estes trabalhadores há centenas e centenas de outros por todo o país à espera de decisões relativas às empresas que faliram. Muitos vão morrer sem verem uma migalha de justiça. A vida só é fácil para alguns e não é para quem trabalha, seguramente. Quando oiço os cidadãos que ocupam cargos políticos a falar sobe-me uma azia à garganta. Carlos Santiago Notícia relacionada: http://semanal.omirante.pt/index.asp?idEdicao=546&id=83265&idSeccao=9136&Action=noticia

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Vale Tejo