A Palavra dos Leitores | 29-01-2013 09:08

Faltam líderes e falta amor por Santarém (entrevista a Rosalina Melro)

Os líderes vêm no governo das cidades uma oportunidade de bons ordenados e mordomias e a facilidade de fazer negócios pouco claros. Quanto ao povo, promete-se, mete-se mais meia dúzia de militantes nas autarquias para não fazer nada, manda-se quem realmente trabalha para a mobilidade e vai-se aguentando assim até o próximo mandato. Depois faz-se mais uma promessas e mais umas obras e consegue-se ser reeleito, calha mesmo bem, sendo assim encobre-se os buracos por mais quatro anos e quem vier a seguir que os tape. Santarém continua na mesma, caindo de podre, pois os filhos da terra parecem ser os menos preocupados com esta terra que vai pouco a pouco sendo abandonada pelos seus habitantes e comerciantes. Se D. Afonso Henriques passasse por esta cidade era capaz de descobrir que havia mais pessoas na cidade durante o seu domínio que agora. PauloNotícia relacionada: http://www.omirante.pt/index.asp?idEdicao=54&idSeccao=544&id=56032&Action=noticia&title=Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo