A Palavra dos Leitores | 11-10-2013 09:17

Ex-presidente da câmara do Entroncamento no Museu Nacional Ferroviário

Há quem conteste a nomeação do Jaime Ramos para presidente da Fundação Museu Nacional Ferroviário mas nunca ouvi ninguém contestar a nomeação dos anteriores presidentes, Carlos Frazão e Júlio Arroja. Não será melhor ter alguém do Entroncamento e com conhecimento do assunto a presidir em vez de outra pessoa de Lisboa que, tal como os anteriores, só apareceria na sede do Museu uma vez por outra e não teria qualquer ligação à cidade? Quanto a mim será mesquinhez contestar a nomeação de Jaime Ramos apenas por motivos políticos. Lá por ele ser do PSD não presta para o cargo mas se fosse do PS já era bom? Mário Oliveira Notícia relacionada: http://www.omirante.pt/index.asp?idEdicao=54&idSeccao=423&id=65183&Action=noticia&title=Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo