A Palavra dos Leitores | 27-11-2013 07:01

Indústrias electrónica e agro-alimentar chinesas alimentadas com pasta de papel da Caima

Portugal é um país pequeno com fraca produção industrial, com excesso de funcionários públicos e de políticos, com excesso de reformas altíssimas e insustentáveis, com excessos de grupos e associações que só servem para arrecadarem quotas e subsídios e demasiados corruptos que escapam impunes numa rede de leis que só prendem peixes pequenos. Estamos a permitir a entrada de grupos estrangeiros que não brincam em serviço. Cedo ou tarde países como a China estarão a comprar os pontos estratégicos do nosso país e acabaremos por lhes prestar reverência a fim de continuarmos a trabalhar e de termos um lugar neste (por enquanto) "nosso país". Abram os olhos. Os portugueses são poucos e eles são milhões prontos a invadirem o nosso país e estão preparados para assumirem o comércio e a indústria portuguesas e ainda as exportações. Não os deixem pousar pois senão eles farão o que nenhum governo português fez: "Trabalhar a Sério". NorbertoNotícia relacionada: http://www.omirante.pt/index.asp?idEdicao=54&idSeccao=481&id=66552&Action=noticia&title=Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo