A Palavra dos Leitores | 20-12-2013 10:22

Há dinheiro para pórticos e portagens mas não há para semáforos na ponte da Chamusca

Começou o inverno e já tivemos alguns dias de nevoeiro cerrado em estradas da região. O problema do atravessamento da ponte da Chamusca sobre o rio Tejo, continua por resolver. No local não passam dois pesados simultaneamente desde as obras de reparação que incluíram a colocação de protecções laterais. Em dias de boa visibilidade quem chega a um dos extremos da ponte consegue ver se não há camiões a circular em sentido contrário e esperar ou atravessar. No entanto, em dias de chuva ou nevoeiro isso é impossível e é normal ficar o trânsito encalacrado a meio da travessia durante muito tempo, com todos os transtornos que se podem imaginar para empresas e particulares. A colocação de semáforos já foi prometida vezes sem conta mas nunca foi concretizada. No entanto, dinheiro para colocar pórticos nas ex-SCUT, para esmifrar o povo arranjou-se. E ainda se vai arranjar mais porque, segundo sei, querem tapar por completo qualquer hipóteses de existência de pequenos troços por portajar. É uma vergonha, numa altura de crise, o Estado andar a chupar-nos o sangue ao mesmo tempo que, com a sua incúria prejudica quem trabalha. Manuel Roque

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo