A Palavra dos Leitores | 21-03-2016 10:07

O acidente da criança da Chamusca e as justificações da vereadora

Anda uma grande confusão na câmara da Chamusca. Afinal quem manda? O presidente ou a vice-presidente? Este direito de resposta, sobre o caso da menina com necessidades especiais que teve um acidente na escola, é muito estranho, uma vez que não desmente nada do que saiu na notícia. Eu li na notícia que saiu e ela ainda pode ser lida na internet. Na minha modesta opinião talvez o direito de resposta devesse chamar-se necessidade de justificação e promoção da vereadora com o pelouro da educação. Se, como ela diz, estava tudo bem e a criança estava a ter acompanhamento, uma vez que, e cito o que ela disse: "existem outros Assistentes Operacionais do Município e Auxiliares de Acção Educativa do Ministério da Educação no recinto escolar onde ocorreu o incidente." e se, como também diz: "O agrupamento, que faz a gestão operacional desses trabalhadores tratou de imediato de garantir com alguns deles o acompanhamento da criança para que nunca estivesse sem vigilância.", porque é que andaram à procura de outra pessoa? E se, como também é dito pela adjunta do Agrupamento de Escolas, (que reafirma as declarações da vereadora), a criança quando teve o acidente, estava acompanhada por uma Técnica, ainda por cima Superior, de Educação de Infância e o acidente podia ter acontecido a qualquer criança, para quê tanto palavreado? Foi só porque a senhora vereadora não foi ouvida pelo jornal e quis mostrar que quem manda é ela e não o presidente que até foi ouvido e citado? Organizem-se...se fazem favor! E alimentem os neurónios!!! Francisco de Matos Barradas : http://semanal.omirante.pt/index.asp?idEdicao=748&idSeccao=13682&id=115720&Action=noticia&title=Coment%C3%A1rios#.VuvY-fmLTIU

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo