A Palavra dos Leitores | 04-04-2016 10:08

Proibida pesca na barragem de Alpiarça para tratamento das águas

Sendo a hipereutrofização da barragem, agora já com contaminação bacteriológica por cianobactérias, um problema recorrente ao longo de dois mandatos autárquicos CDU, tendo-se particularmente agravado neste segundo com a morte de milhares de peixes no Verão, estranha-se que apenas agora, a um ano das eleições autárquicas e perante um decréscimo acentuado da popularidade da CDU também em razão desta matéria, se procure "mostrar serviço".O alegado método a ser usado no tratamento das águas da barragem, de Bio-Augmentação "Bioaqua", aplica-se a todos os sistemas de tratamento de águas residuais que deixaram de ter a capacidade suficiente para o fazer ou que tenham um desempenho pouco eficiente, visando tal solução ajudar as agro-pecuárias, matadouros, indústrias alimentares, destilarias, ETARs, lixiviados de aterros sanitários, a alcançar a qualidade pretendida dos afluentes tratados, o que não é o caso da barragem dos Patudos em Alpiarça que tem uma imensa biodiversidade que importa preservar.Seria bom que antes da adopção desta solução bioquímica fosse feito um estudo de impacto ambiental desta medida para que a "cura" não seja pior que a "doença" e se preserve a riquíssima biodiversidade desta zona lagunar.Eduardo Costa : http://semanal.omirante.pt/index.asp?idEdicao=749&id=115944&idSeccao=13695&Action=noticia#.VvkXY_krLIU

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo