Arquivo | 22-12-2004 02:53

PS de Tomar quer pacto de regime

PS de Tomar quer pacto de regime
O líder da bancada socialista na Assembleia Municipal de Tomar, Manso Marques, questionou o presidente da câmara, o social-democrata António Paiva, quanto à sua disponibilidade para fazer “um pacto de regime” com as restantes forças representadas no plenário.O objectivo, referiu Manso Marques durante a reunião de sexta-feira, é o de todas as forças políticas representadas na assembleia poderem participar e dar sugestões sobre a estratégia e plano de investimentos a seguir pelo município no que toca a candidaturas ao próximo Quadro Comunitário de Apoio (QCA).Manso Marques, que não obteve qualquer resposta do presidente da câmara nem da mesa da assembleia municipal sobre este pedido, foi um dos mais críticos relativamente ao plano de actividades e orçamento para 2005, em discussão nessa sessão.Apelidando-o de “muito pobre”, o líder da bancada do PS comparou o plano de actividades plurianual a um alka seltzer (comprimidos para facilitar a digestão), “que borbulha um bocadinho na água e depois desaparece por completo”. Também o presidente da Junta de Freguesia de Paialvo, Custódio Ferreira (CDU), criticou o plano do município, afirmando ser um mero “plano de gestão”, feito a pensar apenas até Outubro do próximo ano, quando se realizam as eleições autárquicas.Apesar das críticas, as grandes opções do plano e orçamento do município de Tomar acabaram por serem aprovados pela maioria social-democrata, com sete votos contra (cinco do PS e dois da CDU) e uma abstenção (da CDU). O plano de actividades e orçamento dos SMAS foram também aprovados pelos mesmos deputados municipais.Aliás, os quatro pontos da agenda foram votados favoravelmente pela maioria, havendo apenas unanimidade no primeiro, que dizia respeito à rectificação da conduta de abastecimento de água na estrada municipal 530-3.A adesão do município de Tomar, como sócio, à Associação para o Desenvolvimento de Assessoria e Ensaios Técnicos – o laboratório A. Logos, instalado no Tecnopólo de Abrantes-, obteve apenas duas abstenções da bancada da CDU.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo