Arquivo | 16-02-2005 16:20

Jerónimo apela à salvaguarda da EMEF

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, defendeu a necessidade de salvaguarda da Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário (EMEF), SA, “pelo que representa para a economia nacional”.No dia 10, durante uma visita às oficinas da EMEF no Entroncamento, Jerónimo de Sousa alertou para “os perigos que decorrem para a EMEF com a pulverização da CP e a criação de cerca de 14, 15 empresas”.“A EMEF começou a ser uma parte apetecível para uma multinacional, tendo em conta a necessidade de reparação de material circulante”, disse o líder comunista, para quem a empresa chegou a estar em risco de destruição “apesar da grande capacidade e conhecimentos dos seus trabalhadores”.“Só esta unidade do Entroncamento chegou a ter mais de mil trabalhadores e hoje tem 400”, disse Jerónimo, considerando que um dos “maiores crimes que se cometeram (na EMEF) foi o afastamento de técnicos de alto valor, capazes, sabedores, muitas vezes confrontados com comissários políticos”.“Vale a pena defender esta unidade, por aquilo que tem de interesse para a economia nacional”, disse, lamentando ainda as situações de precariedade laboral que se verificam na indústria nacional.Na sua visita à EMEF - no Entroncamento está instalada capacidade para reparação e manutenção do material circulante ferroviário -, Jerónimo de Sousa, acompanhado da cabeça de lista da CDU por Santarém, Luísa Mesquita, foi bem recebido pelos trabalhadores e até chegou a considerar estar num local onde não era necessário apelar ao voto na CDU, por conhecer o ambiente e muitos dos operários.Demonstrando grande à-vontade, chegou a ir debaixo de uma locomotiva cumprimentar trabalhadores, para quase desespero do seu cicerone, Vítor Anjos, gestor técnico, que não se cansava de repetir que eram muitas oficinas e apelava à necessidade de apressar a visita.Nesta nova deslocação ao Ribatejo, Jerónimo de Sousa passou ainda por Alpiarça, onde se encontrou com reformados no restaurante da feira, e por Santarém, onde contactou com a população nas ruas do centro histórico.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Médio Tejo