Arquivo | 01-03-2005 10:59

Coruche quer “rótulo” de concelho de máximo risco de incêndio

O presidente da Câmara de Coruche prefere continuar ligado a Benavente caso a Agência contra os Fogos Florestais insista em considerar que o concelho não é uma zona de máximo risco de incêndio.Segundo Dionísio Mendes, Coruche possui a maior mancha florestal do Ribatejo, não se compreendendo como não foi escolhido como concelho de máximo risco de incêndio. “Ao contrário de Chamusca, Mação e Sardoal onde quase tudo já ardeu”, acrescentou.Recorde-se que as zonas classificadas como de elevado risco de incêndio têm direito a um subsídio mensal de dois mil euros, enquanto para o gabinete técnico florestal tripartido previsto para Coruche, Salvaterra de Magos e Benavente caberá verba idêntica. “Se esta situação não for revista pela agência, voltamos à primeira forma, apenas associados a Benavente”, avisou o autarca.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo