Arquivo | 02-05-2006 17:09

Retomadas obras da biblioteca da Chamusca

A construção da biblioteca da Chamusca foi retomada recentemente depois da Câmara ter chegado a acordo com o empreiteiro para o pagamento das dívidas da obra, revelou hoje o presidente da autarquia, Sérgio Carrinho."A partir de Outubro, parámos de pagar aos fornecedores" e o empreiteiro decidiu parar as obras, mas a "situação já está resolvida", explicou o presidente da Câmara, esperando que o edifício esteja concluído no próximo ano.Os atrasos nos pagamentos e alterações ao projecto, já que "houve um erro de cálculo" no plano inicial, provocaram atrasos na construção de cerca de três anos, uma situação que Sérgio Carrinho lamenta, mas que considera "incontornável".A crise de tesouraria da Câmara, que tem dívidas na ordem dos 14 milhões de euros, e as dificuldades de financiamento externo foram as razões para os atrasos nos pagamentos ao construtor, salientou o autarca.A actual biblioteca funciona em instalações provisórias desde 1987 e a construção do edifício foi um dos compromissos eleitorais antigos de Sérgio Carrinho, que lidera os destinos do município desde 1975.Os erros do projecto estavam relacionados com problemas de estabilidade do edifício, já que alguns dos pilares não estavam dimensionados para suportar a laje de cobertura.A própria adjudicação da obra foi complicada já que a Câmara anulou dois concursos porque os concorrentes apresentavam valores muito elevados, tendo optado antes pelo ajuste directo da construção, orçamentada em 474 mil euros.No entanto, os atrasos e os trabalhos a mais levaram a que o custo da obra atinja perto de 700 mil euros, uma verba que é comparticipada pelo Instituto Português do Livro e da Biblioteca.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Vale Tejo