Arquivo | 17-07-2008 15:35

Festa popular no Porto Alto de 17 a 21

Quinta-feira, dia 17, às 19h00, o morteiro vai anunciar a saída do primeiro de oito toiros da Ganadaria de José Dias. As largadas são pontos altos do programa mais caro de sempre nas Festas do Porto Alto. A organização conta gastar mais de 70 mil euros para atrair mais público e “dar nome à terra”, revela Carlos Falua, coordenador da organização que tem a chancela da Arepa Festas.As Festas em Honra de Nossa Senhora de Guadalupe terminam na segunda-feira, 21 de Julho, com um concerto do grupo Quinta do Bill. Na noite da abertura as boas vindas são dadas pelo cantor Quim Barreiros. Na sexta-feira Ruth Marlene é a artista convidada. Sábado, num ambiente de sardinhada, é o grupo alentejano “Banza” que anima a festa. Domingo, actua José Malhoa, o homem do Amor de Verão. Todos os espectáculos serão às 23h00 e com entradas grátis.Numa festa ribatejana, os campinos reinam. No sábado de manhã há provas de perícia e velocidade e às 16h00 realiza-se o cortejo etnográfico com campinos, cavaleiros, ranchos folclóricos, banda de música de Salvaterra de Magos e fanfarra da Castanheira do Ribatejo, “porque os bombeiros de Samora estão de luto e não podem participar”, justifica a organização. Na noite de sábado, há centenas de quilos de sardinha assada pão e vinho gratuitos para milhares de visitantes e a animação é diversificada com fado, folclore e música de baile.O domingo é o dia religioso da festa com eucaristia e procissão em Honra de Nossa Senhora de Guadalupe, a padroeira da festa. Os mais crentes pagam promessas e num ambiente de fé e devoção integram o cortejo nas ruas da localidade. As crianças têm uma tarde infantil (15h30) com o palhaço Zacarias que vai distribuir lembranças aos mais pequenos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Médio Tejo