Arquivo | 06-01-2010 16:21

Prejuízos ascendem a 43 mil euros em Azambuja

A Câmara Municipal de Azambuja fez uma inventariação dos danos causados pela intempérie que se abateu sobre o concelho na madrugada de 22 para 23 de Dezembro e já enviou o relatório, a que O MIRANTE teve acesso, com os prejuízos ao Governador Civil de Lisboa.Os telhados da Igreja da freguesia de Alcoentre e Aveiras de Cima ruíram – o primeiro totalmente e a segundo parcialmente – e estimam-se em 2500 e 1000 euros respectivamente o custo de reparação.Na Casa Pombal “A Mãe”, Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) de Aveiras de Cima, que alberga crianças sem situação de risco, caiu uma árvore de grande porte que destruiu o telhado incluindo a sua estrutura. São precisos 10 mil euros para o arranjo.As paragens dos transportes públicos foram das mais atingidas. “Voaram” cerca de 20 abrigos e de acordo com o município de Azambuja, cada uma custa 1500 euros e são necessários 30 mil euros. No total os prejuízos estimados ascendem a 43 mil e quinhentos euros.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo