Arquivo | 30-06-2010 16:37

PSD quer saber por que motivo não foram ainda colocados médicos em Porto Alto e Santo Estêvão

PSD quer saber por que motivo não foram ainda colocados médicos em Porto Alto e Santo Estêvão
Os deputados do PSD eleitos pelo distrito de Santarém querem saber porque é que o Governo ainda não cumpriu a promessa de colocar médicos nas extensões do Centro de Saúde de Benavente. Através de um requerimento dirigido ao Ministério da Saúde, os deputados perguntam por que é que até ao momento ainda não se encontram colocados os médicos e que procedimentos já se desenvolveram para solucionar a situação. Questionam ainda quanto tempo mais vai demorar a colocação dos profissionais nas extensões de Porto Alto e Santo Estêvão. Na introdução ao requerimento, os social-democratas lembram que houve uma reunião no dia 15 de Março entre o presidente da Câmara de Benavente, António José Ganhão (CDU), a ministra da Saúde e a Administração Regional de Saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo, ficando acordado que o concelho ia ser reforçado com três médicos através de uma empresa de prestação de serviços. Desses médicos, um foi entretanto colocado no Serviço de Atendimento Permanente (SAP) de Benavente, mas não há nenhum ainda em Porto Alto e Santo Estêvão. Os parlamentares chamam a atenção para o facto de existirem oito mil pessoas no concelho sem médico de família, num universo de cerca de 30 mil habitantes. E sublinham que o que se passa nas duas extensões de saúde obriga os utentes a deslocarem-se “muito cedo pela manhã, percorrendo diversos quilómetros para a marcação das suas consultas sem a certeza de o conseguirem”. Para os deputados “não se compreende porque estão a ser arrastados no tempo estes problemas, depois de uma promessa pública da própria ministra da Saúde”, Ana Jorge.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo