Arquivo | 02-01-2013 11:07

Matriz de Ponte de Lima proposta para monumento de interesse público

A igreja matriz de Ponte de Lima, datada do século XV, deverá ser classificada como monumento de interesse público, conforme proposta da Direção-Geral do Património Cultural em consulta pública e enviada ao Governo.Apesar de ter sofrido várias intervenções ao longo dos séculos, inclusive de alargamento, a classificação do Instituto de Gestão do Património Arquitetónico e Arqueológico (IGESPAR) estabelece que "a igreja que hoje se conhece" data de meados do século XV e já estaria em construção em 1444, segundo registos históricos.Além disso, acrescenta o IGESPAR, a matriz de Ponte de Lima "ocupa um lugar relativamente marginal na evolução do estilo gótico em Portugal", com um portal de quatro arquivoltas, uma delas decorada com semiesferas, motivo típico do século XV.A classificação do templo como monumento de interesse público está em consulta desde 28 de dezembro e prolonga-se por 30 dias úteis, assim como uma zona de proteção de 50 metros à volta da igreja.Localizada em pleno centro histórico da vila, a proposta de classificação da matriz foi apresentada formalmente a 15 de junho de 2000 pela Câmara de Ponte de Lima e cinco anos mais tarde o processo recebeu despacho de abertura ainda pelo antigo Instituto Português do Património Arquitetónico (IPPAR).Esta proposta de classificação foi igualmente enviada em dezembro para a secretaria de Estado da Cultura, após parecer favorável da secção do Património Arquitetónico e Arqueológico do Conselho Nacional de Cultura.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo