Arquivo | 03-01-2013 17:13

Supremo Tribunal rejeita libertação imediata de Vale e Azevedo

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou hoje mais um pedido de libertação imediata ("habeas corpus") do antigo presidente do Benfica João Vale e Azevedo.Pela segunda vez, a 3.ª Secção do STJ indeferiu "habeas corpus" de Vale e Azevedo, que se encontra preso no Estabelecimento Prisional da Carregueira, em Belas (Sintra) depois de ter sido extraditado de Londres para Portugal, a 12 de Novembro de 2012.Também a 5.ª Secção do STJ já analisou um pedido de libertação imediata apresentado por Vale e Azevedo, tendo negado igualmente a pretensão do presidente do Benfica de 1997 a 2000.Vale e Azevedo aguarda uma decisão do Tribunal de Execução de Penas de Lisboa sobre pedido de liberdade condicional.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo