Arquivo | 10-01-2013 08:47

Ruben Faria é quarto no Dakar, Hélder Rodrigues continua a subir

O motard Ruben Faria subiu hoje ao quarto lugar da classificação do rali todo-o-terreno Dakar, depois de terminar a quinta etapa no 13.º lugar, cinco abaixo do compatriota Hélder Rodrigues, que continua a sua recuperação.Hélder Rodrigues demorou mais 04.52 minutos do que o vencedor, o francês David Casteu (Yamaha), que cumpriu os 136 quilómetros da especial em 01:39.42 horas, enquanto Faria (KTM) justificou a aproximação do pódio ao fazer o percurso em mais 06.04 minutos.“Esta foi uma etapa em que o cenário mudou radicalmente. Foi uma etapa relativamente curta, mas com algumas partes bem complicadas. Vim muito tempo atrás do Farres e só na parte final consegui passar para a frente dele e ficar liberto do pó que a sua moto levantava”, salientou à chegada a Arica o piloto da Honda.Com o resultado de hoje, Rodrigues voltou a subir na classificação, liderada pelo francês Olivier Pain (Yamaha), sendo agora 12.º, depois de um salto de quatro lugares.Paulo Gonçalves (Husqvarna) sucedeu ao compatriota na meta, gastando mais 06.27 minutos do que o vencedor e subindo cinco posições até ao 16.º posto. Mário Patrão (Suzuki) foi 27.º a 16.33 e ascendeu 15 lugares para 50.º.Nos carros, Carlos Sousa repetiu o décimo lugar da etapa anterior, num dia em que Nani Roma ao comando de um Mini foi o melhor com o tempo de 01:49.40 horas.“Ainda falta muita corrida e mantém-se tudo em aberto, sendo certo que a passagem pelo Atacama, já a partir de amanhã [quinta-feira], reserva sempre muitas surpresas… O carro continua sem problemas e acredito que podemos subir mais alguns lugares na geral até ao dia de descanso. Sem loucuras, mas andando sempre de forma consistente”, prometeu o português.O piloto da Great Wall gastou mais 07.54 minutos do que o primeiro e manteve-se como 11.º classificado, numa tabela que continua a ser liderada por Stéphane Peterhansel (Mini) e a ter Nasser Al-Attiyah (Buggy) como “vice”.Na quinta-feira será disputada a primeira especial cronometrada no Chile, um total de 454 quilómetros, com passagem pelo deserto do Atacama, repartidos por dois setores, com uma ligação neutralizada de uma centena de quilómetros.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo