Arquivo | 26-01-2013 00:07

Ex-agente da CIA condenado a 30 meses de prisão por revelar identidade de espião

Um ex-agente da CIA foi hoje condenado a 30 meses de prisão por divulgar o nome de um agente secreto envolvido no programa de interrogatórios utilizado junto de prisioneiros da Al-Qaida, noticia a agência Efe.John Kiriakou, funcionário da CIA entre 1990 e 2004, que tinha já feito revelações sobre a técnica de simulação de afogamento utilizada pelos serviços secretos dos Estados Unidos para fazer falar um suspeito de terrorismo, foi acusado em Janeiro de 2012 de divulgar informações confidenciais.Kiriakou estava formalmente acusado de violação da lei de protecção da identidade dos agentes da segurança federal, de espionagem e de falsas declarações à CIA.O ex-agente tinha tentado convencer a CIA a autorizá-lo a incluir informações classificadas num livro que pretendia publicar.A decisão de hoje consiste na primeira vez em que alguém é condenado à cadeia por revelar uma identidade secreta, escreve a Efe.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo