Arquivo | 28-01-2013 18:57

Mais de 20 mil estrangeiros adquiriram autorizações de residência em Portugal em 2012

Mais de 20 mil estrangeiros adquiriram, em 2012, autorizações de residência em Portugal, sendo sobretudo cidadãos oriundos do Reino Unido, Espanha, Holanda e Alemanha, disse hoje o ministro da Administração Interna.Na cerimónia de apresentação de um programa para a promoção internacional do turismo residencial, “Living in Portugal”, Miguel Macedo adiantou que, no programa de processamento de entradas e saídas de Portugal (PASSE), foram registadas 5,6 milhões de pessoas no ano passado, das quais 1,1 milhões tinham mais de 50 anos.O ministro da Administração Interna afirmou que estes “números são bem significativos da importância que o sector do turismo tem para Portugal”.Destacando o profissionalismo das forças de segurança, Miguel Macedo afirmou que “Portugal é hoje, como no passado, um dos países europeus com menor taxa de criminalidade na Europa”.O ministro garantiu ainda que Portugal vai continuar a ser um país seguro, sendo esta “a primeira e central preocupação”.Também presente na cerimónia do programa “living in Portugal”, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, considerou o projecto “um produto estratégico” para o país.“Portugal está na Europa, perto de África, a um voo da América Latina, tem sol, mar, surf, golfe, turismo religioso, turismo de natureza, turismo de saúde, turismo de negócios, turismo de eventos, excelente gastronomia, é hospitaleiro e é um país seguro. É, no mínimo, isto que nós temos que saber vender, atractivamente e competitivamente, porque há poucos países na Europa que garantem tudo isto ao mesmo tempo”, sustentou.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo