Arquivo | 31-01-2013 18:27

Alemães adoptam cães capturados nas ruas de Torre de Moncorvo

Cães apanhados por serviços municipais nas ruas de Torre de Moncorvo estão a ser encaminhados para uma associação alemã que, depois, se encarrega de arranjar uma família para os acolher, revelou hoje fonte da autarquia.A associação alemã Menschen fur Tierrechte Bayreuth (Pessoas pelos Direitos dos Animais) tem "ajudado" a encontrar uma solução para os cães abandonados, sendo actualmente responsável pela adopção de 31,8% dos 44 que foram capturados em 2012 nas artérias da vila transmontana."A adopção destes animais permite assim evitar o abate dos cães, dando-lhes uma família e uma nova oportunidade para serem felizes", disse à agência Lusa o vice-presidente da autarquia, José Aires.Para a Alemanha, já foram enviados por via aérea, nos últimos quatro anos, "mais de uma centena de cães".A Câmara de Torre de Moncorvo garante que tem procurado melhorar a qualidade de vida dos animais de companhia abandonados, “desenvolvendo iniciativas que resultem na sua adopção".Dos 44 animais sem dono capturados no ano passado em Torre de Moncorvo, 77,2% foram adoptados e possuem agora "um novo lar e uma nova vida", assinalou o autarca.Os responsáveis pelo canil municipal de Torre de Moncorvo avançam com uma diminuição da taxa de eutanásia que baixou para 4,5% do total dos animais capturados.A adopção de animais permite assim "diminuir" o número de animais abatidos, dando-lhes uma família e uma nova oportunidade de "serem felizes", segundo o vice-presidente.No canil estão alojados "apenas" 10 animais, que brevemente seguirão viagem para a Alemanha, onde a associação alemã procurará uma nova família para estes animais de companhia.O município do Douro Superior destaca ainda "o papel importante" que os munícipes tiveram nesta acção de sensibilização e adopção de animais "vadios". Cada vez mais preocupados com o "bem-estar animal", adoptaram 25% dos animais capturados.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo