Arquivo | 12-10-2013 11:21

Bienal de Arquitectura de São Paulo começa hoje com presença portuguesa

Uma programação do projecto Estratégia Urbana e uma instalação sobre urbanismo, criada por Álvaro Domingues, vão ser apresentadas na X Bienal e Arquitectura de São Paulo, que é inaugurada hoje naquela cidade do Brasil.A Bienal decorre até 01 de Dezembro com exposições, instalações, seminários e uma mostra de cinema em nove espaços culturais de São Paulo sob o tema “Cidade: Modos de Fazer, Modos de Usar", orientado para o debate sobre a mobilidade, escalas urbanas e apropriação da construção pelos habitantes.Com organização geral da responsabilidade do Instituto de Arquitectos do Brasil, a X Bienal vai centrar-se sobretudo no Centro Cultural São Paulo, mas também apresentar trabalhos, práticas e propostas noutros espaços, como o Museu de Arte de São Paulo (MASP) e o Museu da Casa Brasileira.Com curadoria de Guilherme Wisnik, Ana Luiza Nobre e Lígia Nobre, a Bienal de São Paulo não irá apresentar representações nacionais, mas convidou alguns arquitectos e especialistas ligados ao urbanismo a apresentarem os seus trabalhos, práticas e propostas.Fonte da organização da Bienal indicou à agência Lusa que a curadoria convidou o especialista português em urbanismo Álvaro Domingues a apresentar a instalação audiovisual 'A Rua da Estrada".Álvaro Domingues, doutorado em geografia humana, é professor da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, e tem desenvolvido investigação focada nas áreas da paisagem, urbanismo e políticas urbanas.O projecto Estratégia Urbana, com curadoria própria, também foi convidado e irá apresentar uma programação com uma exposição, filmes, debates e conferências no Museu da Casa Brasileira.O presidente da Estratégia Urbana, arquitecto Nuno Sampaio, indicou à Lusa que a programação final para o evento dedicado à arquitectura vai ser apresentada em breve e decorrerá nos dias 28,29 e 30 de Outubro, naquele museu.A programação intitula-se "Arquitectura Portuguesa - Discrição é a nova visibilidade" e visa a internacionalização de Portugal através, entre outras iniciativas, de uma exposição audiovisual com uma selecção das 100 obras e sete projectos portugueses de referência dos últimos vinte anos.A curadoria deste projecto da Estratégia Urbana é ainda assinada por Miguel Judas, Luís T. Peeira e Fernando Serapião.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Médio Tejo