Arquivo | 18-10-2013 10:13

Sócios do Gil Vicente aprovam contas com 317 mil euros de prejuízo

Os sócios do Gil Vicente hoje reunidos em Assembleia Geral aprovaram por maioria o relatório e contas relativo à época de 2012/13, com um prejuízo de 317 mil euros.Na reunião magna, realizada no auditório do Estádio Cidade de Barcelos, estiveram presentes 120 sócios, que ouviram o presidente do clube, António Fiúza, dizer que “os proveitos continuam a ser escassos”, apesar do esforço desenvolvido pela direcção.“O clube teve uma quebra de receitas na ordem dos 300 mil euros e, mesmo assim, temos reduzido o passivo em um milhão de euros em relação ao exercício anterior, cifrando-se actualmente em 4,7 milhões de euros”, afirmou Fiúza.O dirigente acrescentou que o Gil Vicente, com um orçamento de três milhões de euros, “é um clube pobre”, e sublinhou que “dos 5.053 sócios mais de metade não paga as quotas”.António Fiúza salientou ser sua vontade que o clube cresça ainda mais, mas disse que, “com esta mentalidade, começa a ser difícil”, acrescentando que “o Gil Vicente é o clube da primeira liga com as quotas mais baratas”.A terminar, apelou a todos os associados presentes, e aos que não têm pagado as quotas, que se unam em prol do Gil Vicente, que “este ano está a fazer um excelente início de temporada”.Foram ainda homenageados 30 associados com 25 anos de filiação, aos quais foram atribuídos emblemas de prata.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Vale Tejo