Arquivo | 29-10-2013 15:44

Greve fecha metro de Lisboa a partir das 23h30 de quarta-feira

O Metropolitano de Lisboa deve parar a partir das 23h30 de quarta-feira e só reabre na sexta-feira às 06:30 devido à greve de 24 horas dos trabalhadores na quinta-feira, indicou hoje a empresa em comunicado.Na nota, publicada na página da Internet do Metropolitano de Lisboa, a empresa afirma que se “prevê a paralisação do serviço de transporte do metro, a partir das 23h20, do dia 30 de Outubro [quarta-feira] e durante todo o dia 31, estando prevista a normalização do serviço da empresa a partir das 06h30 do dia 01 de Novembro [sexta-feira]”.O Conselho de Administração lamenta as perturbações e reitera o “empenho na prossecução das medidas necessárias que garantam a sustentabilidade e a qualidade do serviço de transporte” que disponibiliza.O Tribunal Arbitral do Conselho Económico e Social (CES) não decretou serviços mínimos para a greve dos trabalhadores do Metropolitano de Lisboa, na quinta-feira, ao contrário do que tinha decidido há 15 dias e levou à suspensão da greve. Nessa altura, a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans) suspendeu a greve e substituiu-a por “um dia de luto”.Segundo o sindicato, os serviços mínimos obrigam muitos trabalhadores a prestarem serviço e impede-os de “exercerem o direito à greve”.Os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa agendaram uma greve de 24 horas para quinta-feira, depois de 36 organizações sindicais e comissões de trabalhadores do sector dos transportes terem decidido avançar com uma quinzena de greves, entre a próxima sexta-feira e dia 08 de Novembro, contra as propostas do Orçamento do Estado para 2014.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo