Arquivo | 29-10-2013 18:39

Presidente da FPF diz que Blatter desrespeitou Ronaldo e Portugal

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol enviou hoje uma carta ao presidente da FIFA a pedir explicações sobre as declarações acerca de Cristiano Ronaldo, por considerar que Joseph Blatter desrespeitou Portugal e o capitão da selecção portuguesa."Foi com espanto que tive a oportunidade de ver e analisar as declarações do presidente da FIFA, o senhor Joseph Blatter, acerca do nosso capitão da selecção nacional, Cristiano Ronaldo. Não posso de nenhuma forma concordar com o posicionamento da pessoa que lidera o futebol mundial, de tecer tal tipo de considerações sobre a selecção nacional e sobre aquele que é um dos símbolos do futebol português", considerou hoje Fernando Gomes, num depoimento publicado no site oficial do organismo.Para o presidente da FPF, "são completamente desajustados e inapropriados os termos em que é feito, em que demonstra claramente uma falta de respeito quer para com o Cristiano Ronaldo, quer para com Portugal", em referência a declarações de Blatter num debate em Inglaterra."Portugal vive de uma forma intensa o futebol, vive de forma apaixonada o futebol e merece, tem que merecer necessariamente, outro tipo de respeito da entidade e da pessoa que lidera o futebol mundial", sublinhou Fernando Gomes.O presidente da FIFA declarou na passada sexta-feira, na Oxford Union Society, em Inglaterra, que a título pessoal prefere Messi a Cristiano Ronaldo.Blatter disse que "Leo Messi é um bom rapaz" e "nada exuberante", mas joga muito bem e marca muitos golos. Já sobre Cristiano Ronaldo, Blatter levantou-se e tentou imitar a postura do jogador português."O outro [Cristiano Ronaldo] é como um comandante em campo", acrescentou o presidente de FIFA, enquanto simulava um soldado a marchar e perante os risos da plateia.Blatter também disse que "um [Ronaldo] gasta mais em cabeleireiro do que o outro [Messi]", mas recusou avaliar quem é o melhor, embora tenha admitido uma preferência pessoal: "Gosto dos dois, mas prefiro Messi", disse.Na resposta, o presidente da FPF recordou também que o vídeo de Blatter surge no dia em que se ficou a conhecer os nomeados para a Bola de Ouro de 2013, prémio que Messi vence há quatro anos consecutivos."Hoje, em que sabemos que o Cristiano foi um dos nomeados para a Bola de Ouro, não nos parece apropriado, adequado que o presidente da FIFA possa tecer comentários dizendo ele próprio sobre qual é a sua preferência entre um jogador e outro. O ‘outro’, o nosso, é uma pessoa de bem, é uma pessoa entusiasmada pelo futebol, que faz do futebol a sua vida, que leva o futebol a todos os cantos do mundo", disse Fernando Gomes.Por isso mesmo, o responsável do futebol português pediu oficialmente explicações a Joseph Blatter."Hoje mesmo tivemos o cuidado de enviar para o presidente da FIFA uma carta em que lhe solicitamos que nos transmita e nos diga qual é a verdadeira intenção das suas palavras, porque em nenhuma circunstância podemos compreender que o presidente da FIFA possa tecer tais comentários a respeito de uma pessoa que deu, que dá e continuará a dar muito ao futebol, português e mundial", concluiu.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Médio Tejo