Arquivo | 02-11-2013 10:30

Temporada tauromáquica chega ao fim e ultrapassa a crise

O presidente da Associação Portuguesa de Empresários Tauromáquicos (APET), Paulo Pessoa de Carvalho, considerou hoje que, apesar da crise financeira, o sector “ultrapassou” as dificuldades na temporada deste ano, que encerra no domingo.“Os pontos positivos passaram por uma redução pouco significativa do número de espectáculos, quando a nossa perspectiva, no início da temporada, era de uma maior redução”, disse o responsável, em declarações à agência Lusa.Embora estejam ainda por compilar os dados oficiais sobre a época, Paulo Pessoa de Carvalho indicou que os espectáculos tauromáquicos registaram também uma “pequena redução” no número de espectadores, atribuindo esse factor à crise financeira.“Houve uma pequena redução de público nas praças, mas, comparando com outro tipo de espectáculos, esse número foi mais reduzido. Por isso, acho que o ano acabou com as coisas sem serem tão negras como inicialmente prevíamos”, disse.No início da temporada, em Fevereiro, Paulo Pessoa de Carvalho previu que a redução do número de espectáculos, este ano, se iria situar na ordem dos “25 por cento”, em relação à época de 2012, percentagem que não se verificou, tendo o decréscimo atingido apenas cerca de “10 por cento”.Fonte da Associação Nacional de Toureiros (ANT) explicou à Lusa que “ainda não são conhecidos” os dados oficiais sobre os números que envolvem a temporada, apenas indicando que “deu entrada” naquela entidade a realização de “268 espectáculos tauromáquicos”.Dos 268 espectáculos previstos, “mais de duas dezenas” não se realizaram por causa do mau tempo.A mesma fonte lembrou que, em 2012, registaram-se 260 espectáculos tauromáquicos, havendo este ano uma “ligeira quebra” no número de festejos.A temporada tauromáquica encerra no domingo no Cartaxo, com a realização de uma corrida de toiros à portuguesa, em que o cartel é composto por seis cavaleiros e três grupos de forcados.A partir das 16:00, vão estar em praça os cavaleiros Francisco Núncio, Marco José, Paulo Jorge Santos, Marcelo Mendes, Joana Andrade e Parreirita Cigano.As pegas vão estar a cargo dos Amadores do Ribatejo, Azambuja e Arronches, lidando-se toiros de Mestre David Ribeiro Telles.A temporada tauromáquica arranca todos os anos no dia 01 de Fevereiro, em Mourão, no distrito de Évora, com a realização de um festival taurino que envolve figuras do toureio de Portugal e Espanha.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo