Arquivo | 06-11-2013 18:25

Peritos suíços concluiram que Yasser Arafat foi provavelmente envenenado

Um grupo de cientistas suíços concluiu que é provável que o antigo líder palestiniano Yasser Arafat tenha morrido envenenado com polónio, de acordo com um relatório divulgado hoje pela televisão Al-Jazeera.Os resultados dos testes aos restos mortais de Arafat "apoia moderadamente a ideia de que a morte foi consequência de envenenamento com polónio 210", um elemento radioactivo, afirma-se no relatório de 108 páginas que a Al-Jazeera publicou na sua página Internet."Novas investigações toxicológicas e radio-toxicológicas foram conduzidas, demonstrando níveis inesperadamente altos de actividade de polónio 210 e chumbo 210 em muitas das amostras analisadas", lê-se no relatório dos peritos suíços.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo