Arquivo | 11-11-2013 16:19

Neto de Aristides de Sousa Mendes recebe em França medalha em homenagem ao avô

A Associação Franco-Portuguesa de Puteaux inaugura hoje a exposição "Aristides de Sousa Mendes, o justo de Bordéus", em que Gérald Mendes, neto do cônsul, receberá a medalha da cidade, localizada nos arredores de Paris.O neto do diplomata português é recebido hoje pela presidente da Câmara de Puteaux, que lhe entregará a medalha de honra da cidade em homenagem ao avô.A associação explica que, "sob o dever da memória", as crianças daquele meio associativo estudam Aristides de Sousa Mendes em aulas leccionadas pelos professores de história da associação.O coro infantil da Comunidade Católica Português de Puteaux acompanhado pela Orquestra Filarmónica Portuguesa de Paris abre a cerimónia de homenagem a Aristides de Sousa Mendes a cantar "Ode à Alegria", numa iniciativa que não esquece a época e em que servem castanhas assadas em alusão ao São Martinho.Aristides de Sousa Mendes foi diplomata português, cônsul em Bordéus durante a invasão da Alemanha Nazi a França, na Segunda Guerra Mundial.Concedeu 30 mil vistos de entrada em Portugal a refugiados de todas as nacionalidades que queriam fugir à guerra, dos quais 10 mil terão sido emitidos a judeus.Aristides de Sousa Mendes passou os vistos em desobediência ao ditador António de Oliveira Salazar, que na altura detinha também a pasta dos Negócios Estrangeiros, que o castigou destituindo-o da sua posição diplomática. Os seus quinze filhos foram penalizados e impedidos de frequentar a universidade.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo