Arquivo | 14-11-2013 09:17

Sporting prepara reclamação com vídeo sobre arbitragem de Duarte Gomes

O Sporting solicitou cópia do relatório do observador do dérbi com o Benfica, da Taça de Portugal de futebol, e vai apresentar uma reclamação com imagens de vídeo que evidenciam, no seu entender, os principais erros do árbitro Duarte Gomes.“O Sporting está a preparar um dossiê com provas de vídeo e outras que comprovam os erros do árbitro Duarte Gomes, que enviará, em princípio, na próxima segunda-feira para a Comissão de Análise do Conselho de Arbitragem”, disse hoje à agência Lusa uma fonte do clube “leonino”.No entanto, o pedido do Sporting para que lhe seja facultado o relatório do observador não deverá ser acolhido pelo Conselho de Arbitragem da FPF, que se refugia nos regulamentos da UEFA e da FIFA, que proíbem expressamente a sua divulgação, para dar uma resposta negativa ao clube de Alvalade.O único relatório a ser remetido ao Sporting será o do árbitro da partida, que terminou com vitória do Benfica no prolongamento (4-3), como é prática comum em todos os jogos, podendo demorar um ou mais dias. Neste momento, ainda não chegou a Alvalade.De resto, o Sporting fez o mesmo a época passada, quando o dérbi disputado na Luz, na segunda volta do campeonato, foi dirigido pelo árbitro João Capela, cujo trabalho foi muito contestado pelos “leões”, que alegaram terem sido prejudicados em três lances passíveis de penálti.“Fizemos uma exposição à Comissão de Análise, que nos deu razão em 90 por cento das situações que denunciámos, como erros do árbitro João Capela prejudiciais ao Sporting e, em consequência, a nota que lhe tinha sido atribuída pelo observador foi reduzida”, alegou a mesma fonte do clube de Alvalade.Se a Comissão de Análise que vai analisar os fundamentos da reclamação do Sporting entender que, em função dessa avaliação, a nota atribuída a Duarte Gomes pelo observador pecou por defeito ou excesso, tem a prerrogativa de a alterar. O observador ao dérbi de sábado foi o antigo árbitro de terceira categoria Natálio Silva, de 55 anos, da Associação de Futebol do Algarve.De acordo com os procedimentos que estão estipulados para os observadores, Natálio Silva teve de enviar logo a seguir ao jogo, através de uma mensagem, as notas dadas ao árbitro e aos árbitros assistentes, dispondo de uma prazo mais alargado, cerca de 24 horas, para enviar o relatório em que fundamenta as notas atribuídas.Caso Natálio Silva tenha entendido que Duarte Gomes errou no julgamento de uma única grande penalidade, nunca lhe poderá atribuir uma nota superior a 2,4 (as notas oscilam de 1 a 5, sendo considerada positiva quando é igual ou superior a 3). Se a nota atribuída tiver sido superior a 2,4, foi seu entendimento que o árbitro agiu correctamente nos dois penáltis que o Sporting reclama terem existido a seu favor.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo