Arquivo | 26-11-2013 09:34

18.000 pessoas deslocadas na Indonésia devido a vulcão

As autoridades indonésias revelaram hoje que 18.000 pessoas foram deslocadas das suas casas localizadas num raio de cinco quilómetros do vulcão Sinabung, na ilha de Sumatra, depois de terem sido registadas diversas erupções no fim-de-semana.Os dados do Conselho Nacional de Gestão de Desastres da Indonésia referem que 5.304 famílias num total de 17.713 pessoas foram realojadas temporariamente em 31 centros de acolhimento estabelecidos pelo Governo local.As autoridades indonésias elevaram este fim-de-semana para o nível 4, o máximo, o alerta de perigo do vulcão após várias análises e observações à actividade do Sinabung.Na segunda-feira foram registadas seis erupções que criaram rios de lava até quilómetro e meio da cratera e nuvens de fumo e cinzas até dois quilómetros de altura.A Indonésia está assente no denominado Anel de Fogo do Pacífico, uma zona de grande actividade sísmica que alberga mais de 400 vulcões, dos quais 129 estão activos e 65 são classificados de perigosos.A erupção em 1815 do vulcão Tambora ‘sepultou’ com um manto de cinzas e lava cerca de 88.000 pessoas na ilha de Sumbawa, a sul do arquipélago da Indonésia.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo