Arquivo | 05-12-2013 14:41

Festa de Natal de portugueses em Moçambique vai recordar vítimas de desastre

A festa de Natal da comunidade portuguesa de Moçambique vai homenagear as 33 vítimas da queda do avião da LAM, entre as quais sete portugueses, e apoiar crianças desfavorecidas, afirmou o cônsul-geral de Portugal em Maputo.Em declarações à Lusa, Gonçalves Teles Gomes, cônsul geral de Portugal em Maputo, disse que a festa, que se realiza no sábado na Fortaleza de Maputo, vai reunir familiares e amigos de vítimas do acidente do avião das Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), e recordar outras vítimas, de raptos, crimes violentos, e das cheias no início do ano."Este ano, infelizmente, a festa do Natal da comunidade portuguesa 2013 será assim um pouco ensombrada pelo acidente do avião da LAM, há menos de uma semana" precisou o diplomata português, assegurando a necessidade de "trazer animação, união e paz" para as famílias.O Embraer 190 da LAM fazia no sábado passado a ligação Maputo-Luanda quando se despenhou numa floresta do norte da Namíbia, matando os 33 ocupantes que seguiam a bordo (27 passageiros e seis tripulantes).Teles Gomes disse pretender continuar com as festas tradicionais do Natal da comunidade portuguesa em Moçambique, que além de celebrar a cultura nacional, destaca o cariz humanitário e de solidariedade social", cujo foco este ano estará virado para a causa das crianças carenciadas."As instituições vão sempre mudando, queremos dar oportunidade às diferentes instituições moçambicanas que fazem um trabalho muito valido. Normalmente, as instituições são todas as que já recebem algum apoio da comunidade portuguesa e de empresas, que fazem um trabalho de um grande valor, sobretudo que tenham um grande impacto nas comunidades em que estão inseridas", explicou.Três instituições, todas nos arredores de Maputo, vão beneficiar da angariação da festa do Natal, nomeadamente, a Casa do Gaiato, o Centro de Reabilitação Psicossocial e Avó Maquina, que trabalham com crianças e adultos deficientes, com necessidades.As crianças destas instituições, no dia da festa, terão uma sessão de cinema e de música com a cantora moçambicana Neyma.No ano passado, a festa acolheu três mil convidados e angariou cerca de um milhão de meticais (cerca de 50 mil euros), distribuído para três instituições de responsabilidade social em várias áreas na província de Maputo, sul.Três camisolas do Benfica, Sporting e do FC Porto, autografadas por todo o plantel destas equipas, serão leiloadas na festa e os valores encaminhados para as instituições escolhidas.A festa vai contar com iguarias portuguesas e com sessões de pintura de camisetas e máscaras, contadores de histórias e a actuação de vários conhecidos artistas moçambicanos, de uma banda amadora - Gasparoff - e do rapper Dilon."Só podemos desejar que 2014 seja um ano com muita paz para todos" declarou Gonçalves Teles Gomes, apelando para a participação da comunidade.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo