Arquivo | 09-12-2013 09:33

Benfica obrigado a fazer melhor que Olympiacos na última jornada da Champions

O Benfica ainda sonha com o apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões em futebol, precisando de fazer melhor do que os gregos do Olympiacos na última jornada do grupo C.Na terça-feira, a equipa portuguesa recebe o já vencedor do grupo, o Paris Saint-Germain, enquanto os gregos jogam em casa com o Anderlecht, numa combinação em que o Benfica depende de terceiros.Na discussão do segundo lugar de qualificação, Olympiacos e Benfica têm os mesmos sete pontos, mas, em caso de igualdade, a vantagem pertence aos gregos, que empataram na Luz (1-1) e venceram em Atenas (1-0).Assim, será sempre necessário à equipa portuguesa fazer melhor do que o Olympiacos, numa sexta e última jornada em que a equipa tem jogo difícil com o PSG, de Zlatan Ibrahimovic e Cavani, enquanto o Olympiacos recebe um Anderlecht sem ambições.E, mesmo que o técnico Laurent Blanc entenda prescindir de algumas das suas estrelas na visita ao Estádio da Luz, os gregos têm tudo para vencer no Pireu o Anderlecht, que, nesta campanha, têm apenas um empate, ainda que surpreendente, em Paris (1-1).Numa época em que a final da Liga dos Campeões se realiza no Estádio da Luz e na qual Luís Filipe Vieira, o presidente do Benfica, chegou mesmo a falar no sonho de a disputar, são ténues as hipóteses “encarnadas” de seguir em frente.Matematicamente tudo é possível, mas, teoricamente, o cenário mais provável será a continuidade “encarnada” nas competições europeias, mas na Liga Europa, prova em que tem – independentemente da última ronda – lugar assegurado.A segunda competição parece um destino mais “feito à medida” da equipa de Jorge Jesus, que, na última época, foi finalista vencida (2-1 com o Chelsea) e há três anos foi semifinalista derrotada frente ao Sporting de Braga.O grupo C da “Champions” confirmou o favoritismo do Paris Saint-Germain, que não é uma das equipas mais fortes da roda europeia, mas tem alguns bons jogadores, tais como Cavani, Ibrahimovic, Pastore ou Thiago Silva, e colocou Olympiacos e Benfica na luta pela segunda vaga.Os gregos têm tido no guarda-redes espanhol Roberto uma das estrelas, um jogador que passou em 2010/11 pela Luz e não deixou boas recordações, bem como no avançado internacional grego Kostas Mitroglou.Na equipa, que é treinada pelo espanhol Michel, destaca-se também o defesa grego Manolas, com dois golos nesta edição, ou o argentino Javier Saviola, um dos “nucleares” do Benfica no título em 2009/10.O Benfica, que teve no renascido Oscar Cardozo – continua em dúvida para terça-feira – um dos jogadores mais importantes nos primeiros jogos, pode lamentar no percurso a ausência de Sálvio, lesionado com gravidade desde Setembro.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo