Arquivo | 13-12-2013 11:45

Passos Coelho fala em momento histórico de transformação na economia portuguesa

O primeiro-ministro defendeu hoje que a economia portuguesa se transformou de forma mais acentuada do que o previsto nos últimos dois anos e meio, tornando-se mais exportadora, e considerou que este é um "momento histórico".Durante o debate quinzenal, na Assembleia da República, Pedro Passos Coelho disse que o Governo PSD/CDS-PP assumiu funções em 2011 com o objectivo de lançar "reformas estruturais que implicassem a redução dos sectores protegidos" e "a diminuição das rendas que eles facultavam" para tornar a economia portuguesa "mais aberta, mais exportadora, menos comandada pela procura interna, mais comandada pela procura externa".Segundo o primeiro-ministro, "esta transformação ocorreu, de facto, a um passo acelerado e conseguiu antecipar em vários anos aquilo que representava uma meta desejável, se não obrigatória para a economia portuguesa" em termos de "posição excedentária perante o exterior"."Estamos a viver um momento histórico que o país procurou praticamente desde que aderiu à EFTA (Associação Europeia de Comércio Livre) ainda durante os anos 60 e depois quando aderiu à CEE (Comunidade Económica Europeia) e, ulteriormente, à União Europeia, formulou o desejo de se tornar uma economia mais europeia, uma economia social de mercado mais aberta ao exterior, incorporando maior riqueza nacional e dessa maneira oferecendo maiores oportunidades para todos", considerou.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo