Arquivo | 27-12-2013 16:07

São Silvestre de Lisboa investe na Guerra dos Sexos

A "Guerra dos Sexos", que oporá mulheres e homens, será um dos pontos fortes da 6.ª edição da São Silvestre de Lisboa, que se realiza no sábado, com partida e chegada na Avenida da Liberdade, e que hoje foi apresentada.Jéssica Augusto e Dulce Félix, de um lado, e Rui Silva e Ricardo Ribas, do outro, esgrimiram argumentos, considerando-se favoritos para a prova de 10 km, que começa às 17:30 e passa por Marquês de Pombal, Santos e Praça do Comércio.No ano passado teve como vencedores individuais Rui Silva e Sara Moreira, - ausente nesta edição -, gastando ele menos 2.54 minutos do que ela, tempo que mediará este ano entre a partida das mulheres a dos homens partidas.Ao longo dos quatro anos de "Guerra dos Sexos", verifica-se um empate 2-2, mas, este ano, a maior diferença entre as partidas e um percurso mais plano parecem dar vantagem ao sector feminino.“No ano passado, o percurso era muito mais favorável aos homens. Este ano, como já não sobe tanto, favorece mais as mulheres. Se tentarmos ajudar-nos uma à outra sairemos beneficiadas, porque os homens partem todos juntos e acabam por competir entre eles”, disse Dulce Félix.A campeã europeia de 10.000 m de 2012, presente em todas as edições, sublinhou que “as mulheres praticamente correm sozinhas, e nisso os homens saem beneficiados”.O veterano Rui Silva, de 36 anos, mostrou-se convicto de que “a vitória este ano será masculina” e, bem-humorado, afirmou que “a questão já não são 2.54 minutos [de vantagem das senhoras], mas sim por quanto vão ganhar os homens”“Certamente, será interessante. O percurso será um pouco mais favorável às senhoras, a subida não é tão extensa. Os homens acabam por perder sempre um pouco menos nas subidas. As senhoras têm sempre um pouco mais de dificuldade, apesar de serem um pouco mais leves”, descreveu o atleta Sporting.No mesmo tom de brincadeira, Ricardo Ribas dirigiu as “queixas” para o vereador do desporto da Câmara Municipal de Lisboa, Jorge Máximo, por “melhorar o percurso, mas sempre a favor das meninas”, nomeadamente com “um piso novo na Rua da Prata e na Rua do Ouro”. Em registo mais sério, disse que “esta é uma das melhores São Silvestres da Europa”.Além dos atletas presentes na apresentação da prova, em plena Praça dos Restauradores, Salomé Rocha, Catarina Ribeiro e Luís Feiteira serão os outros primeiros planos presentes entre os oito mil concorrentes que esgotaram as inscrições mais de um mês antes do dia da prova.“Amanhã [sábado] vai ser um dia de festa, com oito mil participantes. Esperemos que todos se divirtam e desfrutem do ambiente, da cidade, que está iluminada e bonita”, afirmou Jessica Augusto, sétima classificada da maratona dos Jogos Olímpicos Londres2012.Antes da corrida principal e com partida às 16:00, realizar-se-á a S. Silvestre da Pequenada, para crianças dos cinco aos 11 anos, tendo Dulce Félix como madrinha.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo