Arquivo | 28-12-2013 18:24

Marrocos garante que petroleiro encalhado não provocou contaminação

A comissão nacional de luta contra a contaminação marinha acidental assegurou hoje que o petroleiro encalhado desde segunda-feira no litoral de Marrocos “não provocou contaminação”, pelo que “não é necessário activar um plano de urgência nacional”.Em comunicado, divulgado pela agência de notícias marroquina MAP, a comissão explicou que se reuniu na sexta-feira e estudou todas as medidas a tomar para fazer frente ao acidente e evitar eventuais riscos de contaminação marinha.O petroleiro, oriundo de Las Palmas e carregado com cinco mil toneladas de combustível para uma estação térmica, encalhou à entrada do porto de Tan-Tan, situado no sul do país, e a 270 quilómetros da ilha das Canárias, por causa das más condições meteorológicas.A mesma fonte adiantou que nos dias 24 e 25 de Dezembro foram feitas duas tentativas para desencalhar o petroleiro e para domingo está previsto aliviar a carga e retomar as operações para por o navio a flutuar.No comunicado, a comissão assegura que a situação está controlada, apesar das condições meteorológicas desfavoráveis.Ainda assim, a seguradora do navio mobilizou um grupo de especialistas holandeses para o local, com vista a apoiar a comissão local, presidida pelo governador provincial e que toma as decisões relativas às operações que serão executadas.O director da polícia, segurança e meio ambiente da Agência Nacional de Portos (ANP), Hammed Atmani, explicou na sexta-feira à MAP que o grupo de especialistas irá permanecer a bordo do petroleiro até que seja possível rebocá-lo para o mar.A delegada do governo nas Canárias, María del Carmen Hernández Bento, declarou também na sexta-feira que o executivo marroquino tinha confirmado que não havia qualquer fuga de combustível na sequência do acidente.Por seu lado, o ministro espanhol da Energia, Industria e Turismo, José Manuel Soria, reafirmou ao governo marroquino que Espanha está disponível para ajudar e apoiar no que for preciso em relação ao petroleiro.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo