Arquivo | 28-12-2013 15:25

Polícia saudita trava condutora durante campanha para reivindicar o direito a conduzir

A polícia saudita fez parar hoje uma condutora que participava na cidade portuária de Jeddah, na região oeste da Arábia Saudita, numa campanha para reivindicar o direito das mulheres a conduzir naquele reino.“Apenas 10 minutos depois de estar ao volante, Tamador al-Yami foi parada pela polícia”, denunciou a activista Eman al-Nafjan, em declarações à agência francesa AFP.A activista acrescentou que Tamador al-Yami estava na posse de uma licença internacional de condução e estava acompanhada por outra mulher, que estava a filmar.O marido de Tamador al-Yami foi chamado ao local e a condutora foi obrigada a assinar um documento, no qual assumiu o compromisso de não voltar a conduzir sem uma licença saudita, escreveu a activista Eman al-Nafjan na sua conta na rede social Twitter.A activista também relatou que outra mulher, acompanhada pelo marido, conseguiu conduzir durante duas horas sem ser interpelada pelas forças de segurança.A Arábia Saudita, que adopta uma interpretação muito rígida do islamismo, é o único país do mundo que proíbe as mulheres de conduzir. A proibição entrou em vigor em 1990.Em Setembro de 2007, um grupo de mulheres sauditas criou a primeira associação para reivindicar o direito a conduzir.As mulheres que são apanhadas a conduzir são detidas pelas autoridades sauditas, que também multam os homens que permitem a infracção.A 04 de Dezembro, as activistas, que já tinham pedido às mulheres sauditas para desafiarem a lei e saírem para as ruas com os seus próprios carros no passado dia 26 de Outubro, decidiram relançar a campanha, tendo agendado a acção para hoje.“O objectivo deste apelo é insistir no nosso direito de conduzir, que vamos continuar a reivindicar até conseguir”, disse então a activista Nassima al-Saada.A 26 de Outubro, as activistas decidiram recuar com o apelo para evitar qualquer confronto com as autoridades. Mesmo assim, cerca de dezena e meia de mulheres que foram apanhadas a conduzir nesse dia foram detidas e pagaram multas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo