Cavaleiro Andante | 01-12-2011 01:20

Cangalheiros sem mãos a medir

Cangalheiros sem mãos a medir
Cerca de uma centena de populares das freguesias de Muge e Granho, no concelho de Salvaterra de Magos, decidiram oferecer um caixão à directora do Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria, Luísa Portugal, como forma de protesto pelo encerramento definitivo das extensões de saúde das suas localidades. Se a moda pegar, e ao ponto a que chegou o país no que toca a encerramento de serviços nas nossas aldeias (escolas, postos de saúde, correios e por aí fora), os caixões não vão chegar para as encomendas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo