Cavaleiro Andante | 04-12-2011 03:35

Azar templário

Azar templário
As coisas não andam famosas para a Câmara de Tomar e a falta de sorte também não ajuda. É que das onze empresas concorrentes à empreitada de requalificação da envolvente ao Convento de Cristo, a que foi seleccionada, de Viana de Castelo, entrou em processo de insolvência e a obra, comparticipada com fundos comunitários, corre o risco de não ficar pronta dentro do prazo estipulado. Isto é que é azar templário..

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo