Cultura | 04-02-2005 10:24

Carnaval a valer em Samora

Samora Correia quer manter a fama do melhor Carnaval do Ribatejo e este ano a organização espera aumentar o número de visitantes. O programa evolui na continuidade e não dispensa as largadas de toiros nas manhãs de domingo e terça-feira e a presença do samba.Este ano a Escola de Samba União de Penafirme da Mata (Alenquer) promete encher de cor, música e ritmo o sambódramo improvisado nas principais artérias da vila e onde não se paga para entrar.A cantora Romana é a artista convidada e os reis escolhidos pela organização são os irmãos Ana e António Ascenso que serão coroados no domingo às 10h00 no Palácio do Infantado. Os dois foliões trocam o grupo, onde sempre participaram, pelo carro de suas majestades- um dos mais imponentes do corso que sai à rua no domingo e na terça-feira às 15h30.São esperadas cerca de duas dezenas de carros alegóricos e grupos organizados e os temas são variados. “Apostamos no Carnaval espontâneo com um tema livre para desafiar a criatividade e a imaginação”, explicou Manuel Parracho, presidente da Associação Recreativa e Cultural Amigos de Samora (Arcas) que organiza o Carnaval há 18 anos.A evolução do Carnaval pode ser vista numa exposição intitulada “Carnaval ao longo dos tempos” que está patente no Palácio do Infantado até 12 de Fevereiro.Este ano, o corso das escolas e jardins-de-infância está incluí-do no programa e irá decorrer na sexta-feira, às 10h00. Para completar a animação haverá bailes de máscaras no sábado, segunda e terça-feira no pavilhão da Arcas. O programa encerra na quarta-feira com o enterro de Santo Entrudo. O padre António André está de volta e promete contemplar dezenas de moradores da freguesia com os presentes deixados em testamento pelo santo.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo