Cultura | 22-04-2006 16:37

As desventuras de Isabella em Santarém e Abrantes

As peripécias da vida da primeira mulher a pisar o palco, Isabella Andreíni, são o tema da peça "As desventuras da Isabella", que a 06 de Maio inicia uma digressão por quatro cidades portuguesas.Alcobaça, Sintra, Santarém e Abrantes são os municípios associados da Artemrede - uma associação com 17 municípios cujo objectivo é descentralizar a cultura - onde "As desventuras de Isabella" vão subir ao palco.Escrita por Flamínio Scala no início do século XVII para a companhia italiana dos Gelosi, "As desventuras de Isabella" têm adaptação e encenação de Filipe Crawford e são uma peça de `Commedia dell'Arte' a que se junta também a técnica de máscara.A peça gira em torno de Isabella Andreíni que, juntamente com o marido Francescho Andreíni, era proprietária da companhia Gelosi.Segundo reza a história, Isabella Andreíni foi a primeira mulher a pisar o palco, no que constituiu uma autêntica revolução no teatro, embora grande parte do tempo se tenha mantido afastada da ribalta, já que foi mãe de sete filhos.Em Alcobaça, a peça sobe ao palco do Cine-teatro local a 06 de Maio (21:30), em Sintra será representada no Centro Cultural Olga adaval, dias 26 e 27 de Maio (às 10:30 e às 16:00, respectivamente), em Santarém subirá ao palco do Teatro Sá da Bandeira, dia 08 de Junho (21:30), enquanto em Abrantes será representada a 23 de Junho (21:30), no Cine-teatro São Pedro.A associação Artemrede integra os municípios de Abrantes, Alcanena, Alcobaça, Almada, Almeirim, Barreiro, Cartaxo, Entroncamento, Moita, Montijo, Nazaré, Palmela, Santarém, Sintra, Sobral de Monte Agraço, Torres Novas e Torres Vedras.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo