Cultura | 05-01-2010 10:35

Exposição: SOEIRO PEREIRA GOMES - NA ESTEIRA DA LIBERDADE

Está patente ao público no Museu do Neo-Realismo até 14 de Março de 2010 a exposição "Soeiro Pereira Gomes - Na Esteira da Liberdade", assinalando o centenário do nascimento do escritor.Joaquim Soeiro Pereira Gomes (1909, Gestaçô – 1949, Lisboa) é um autor excepcional e uma personalidade incontornável na história da cultura e da resistência do século XX. Pioneiro e vulto maior do movimento neo-realista, empenhou a sua vida por uma causa. Enquanto escritor funde uma poética de olhar atento e compassivo, de uma certa interioridade, com uma perspectiva do realismo humanista de intervenção social, influência inicial presencista que se vai confrontando, e enformando, com a realidade crua e sofrida dos que lhe estavam próximos, e com eles acompanhando as mudanças de um estado injusto e repressor. De “vocação perdida”, Soeiro cumpriu a “estrada do seu destino” que escolheu consciente e generosamente. Assim viveu, assim morreu aos 40 anos.Do Douro ao Tejo, do mundo rural ao mundo industrial, do amor da família ao afecto aos seus ‘meninos” e aos homens, dos sonhos adolescentes aos convictos ideais, Soeiro sempre preservou os valores da justiça e da liberdade. Defendendo-os nas ideias e nas acções, fosse nas actividades cívicas ou militantes, ou no labor literário, na dinamização social e cultural de âmbito local ou na luta pela transformação social, nos contos ou nos romances que escrevia; porque a sua vida e a sua escrita formavam uma unidade, na essencialidade do ser humano.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Médio Tejo