Cultura | 16-12-2011 01:39

Centro de Acolhimento de São Vicente do Paul integrado na Rota da Cultura Avieira

Criar actividades ligadas à cultura, ao turismo religioso e aos rios Tejo e Alviela é o objectivo do Centro de Acolhimento e Valorização de São Vicente do Paul, projecto em desenvolvimento no âmbito da Rota da Cultura Avieira.Com um investimento de 240 mil euros, 180 mil dos quais comparticipados por fundos comunitários, o projecto dinamizado pela igreja daquela freguesia do concelho de Santarém faz parte do consórcio dos avieiros, tendo contado com a aprovação do Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos, enquanto projecto complementar da cultura avieira a património nacional. Em comunicado, o gabinete de coordenação da candidatura da cultura avieira a património nacional escreve que o projecto, de natureza económica, social e de apoio aos peregrinos dos caminhos de Fátima e aos turistas que procuram a natureza e o património cultural, "já foi aprovado e parcialmente implementado" na freguesia de São Vicente do Paul.Depois de concluído, o Centro de Acolhimento e Valorização de São Vicente do Paul vai poder acolher 30 peregrinos dos caminhos Marianos e de Santiago, ou turistas de natureza ou culturais, adiantam. "Com a conclusão deste investimento, muito em breve, o projecto acrescentará 92 camas à oferta turística regional", sublinham.O projecto integra a Rota Turística e Cultural dos Avieiros, bem como o projecto de candidatura da Cultura Avieira a Património Imaterial Nacional e da UNESCO, tendo os responsáveis considerado aquele projecto "indispensável" para a sua concretização e sucesso, constituindo-se como "mais um passo na estruturação e consolidação da Rota que se pretende continuar a construir".

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo