Cultura | 15-05-2012 06:45

Terceira edição do Festival de Estátuas Vivas de Tomar em contagem decrescente

O workshop "Queres ser uma estátua viva?", ministrado no sábado, 12 de Maio, a um grupo de jovens, por António Santos "Staticman", no Pavilhão Municipal é a iniciativa que marca a contagem decrescente para o 3ª Festival de Estátuas Vivas de Tomar, a realizar nos dias 14,15 e 16 de Setembro. Este ano a aposta passa por descentralizar o festival de Tomar, ramificando o cordão de estátuas vivas até ao Castelo de Almourol, em Vila Nova da Barquinha, e Dornes, Ferreira do Zêzere. O tema central deste ano é a Idade Média e há apenas uma estátua-viva por cena, num total de 27 estátuas. “Quisemos apresentar uma região templária. Com o alargamento regional podemos aproveitar mais este evento, dando uma visão mais alargada do património da região que é muito rico”, disse Eduardo Mendes, coordenador do evento. A vereadora Rosário Simões, responsável pelo pelouro da Educação da Câmara de Tomar, referiu que o grupo de alunos presentes no workshop deste dia era o mesmo do ano passado mas que já estão inscritos no workshop mais 29 jovens pela primeira vez. “O objectivo principal é que os alunos ganhem gosto pelo festival e que possam participar, em futuros festivais, neste evento mas já como profissionais”, referiu. * Noticia desenvolvida na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo